You Are Here: Home » Reflexão » 25 pães para alimentar sua alma e fortalecer sua autoestima

25 pães para alimentar sua alma e fortalecer sua autoestima

Estes pães são os pães da auto-ajuda, são os pães da fé, o alimento essencial para todo filho de Deus. Se Você está passando por provas, necessitando de uma luz espiritual, prove destes pães. Coma apenas um pão diário por durante 25 dias.  Então se sentirá muito melhor, mais nutrido, com mais ânimo e mais amado. Satanás tentou a Cristo, sugerindo que Ele transformasse pedras em pães, uma vez que o Salvador estava com fome, após 40 dias de jejum. Sua proposta foi sugestiva; o estômago do Salvador estava “fisgando”. Mas Cristo, firme como foi, mencionou: “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda Palavra que sai da boca de Deus” (Deterônomio 8:3).

1º dia

Já Foi em Alguma Caverna?

A Tua palavra é lâmpada para guiar os meus passos, é luz que ilumina o meu caminho. Salmo 119:105  

Caverna da Lancinha, cidade de Rio Branco do Sul. Explorei essa caverna dezenas de vezes, e todas as vezes em que entrei nela era como se fosse a primeira vez. Nunca a conheci totalmente. Trata-se da maior caverna do estado do Paraná. Ali aprendi muitas coisas como, por exemplo, o fato de que os morcegos, em sua maioria, são herbívoros e que meu sangue estava a salvo mesmo dentro da casa desses animais noturnos. Aprendi que abelhas não atacam no escuro. Então, quando tiver algum problema com abelhas, corra para a caverna mais próxima (tive que fazer isso uma vez). Mas, talvez, a maior lição aprendida tenha sido a de respeitar o escuro.

Para você ter idéia, no meio de uma caverna não há nenhuma entrada de luz. Isso nos impõe a necessidade de levar lanternas e alguns pares de pilhas de reserva. A escuridão é tão grande que, se você apagar todas as lanternas, poderá colocar a palma da mão bem diante dos olhos e, mesmo com os olhos arregalados, não conseguirá ver nada, absolutamente nada! Ficar cego momentaneamente. Estar com os olhos abertos e não enxergar nada

paes2

Imagem ilustrativa do google

Com a escuridão não se brinca. Por isso era imprescindível que existisse ao menos uma lanterna para cada dois exploradores. O ideal era que cada um tivesse a sua. Esse era um cuidado que eu sempre tinha. Procurava ver as lanternas e sempre avisava para levar ao menos o dobro das pilhas necessárias para o bom funcionamento das lanternas. Sem lanterna funcionando, ninguém consegue dar um passo com segurança. Graças a Deus, nunca ficamos totalmente sem luz dentro da caverna, mas passamos alguns apuros

Respeitar a escuridão me faz valorizar muito a chance de enxergar. Na vida, amigo, é exatamente assim. Existem cavernas muito escuras e, para andarmos com tranquilidade, é necessário luz. E só Jesus mesmo para trazer luz à vida. Ele é o Sol da Justiça, a Luz do mundo! Por isso, se você já entrou em uma caverna, quero dizer que não precisa se desesperar. Se você não enxerga nada, Jesus tudo vê e tudo ilumina. Se a caverna é grande, Jesus é maior ainda. Então, agora, aprenda a confiar nAquele que é a luz do mundo. Que você tenha um dia bem iluminado hoje!

 

2º dia Você é o Sabe-Tudo?

Então você saberá como se comportar, e as suas palavras mostrarão que você tem conhecimento das coisas. Provérbios 5:2  

Poucas pessoas são mais desagradáveis do que aquelas que acham que sabem tudo. Para tudo têm opinião e nada do que você lhes diz é novidade. O indivíduo é o sabichão, domina todas as áreas do conhecimento; enfim, é bom em tudo, desde pular amarelinha até física quântica. Discutir com ele? Nem pensar! É impossível; ele não se entrega. Todo mundo vê que ele está errado, menos ele. Conviver com gente assim não é fácil.

Eu tinha um amigo assim. Toda novidade que eu ia contar, ele já sabia. Ou ao menos dizia que sabia. Um dia, resolvi colocá-lo à prova sem ele saber, mas sem expô-lo, também. Falei que eu estava lendo um livro muito bom de um autor super famoso. Ele me perguntou o nome do autor e eu, propositadamente, inventei um nome na hora. Ele me disse que tinha ouvido falar muito bem desse escritor, mas que ainda não havia tido a oportunidade de ler uma obra inteira dele, só lera algumas citações. Ri por dentro e confirmei: ele não sabe tudo, mas quer que todo mundo pense que sabe.

Esse tipo de pessoa é, na verdade, gente que ainda precisa de autoafirmação, que ainda pensa que as pessoas o valorizam por aquilo que ele tem ou conhece. Tive um professor na faculdade de Teologia que dizia: “A ignorância é atrevida!” É isso mesmo; tem um montão de gente por aí falando tanta bobagem e não têm noção daquilo que estão falando. Uma pena!

Aprendi que não é errado não saber algo. O mundo do conhecimento é amplo demais. Nem que vivêssemos mil anos ou que fôssemos perfeitos e imortais, ainda assim a eternidade não seria tempo suficiente para aprender tudo. Então, que problema há com o bom e velho: “Eu não sei”? Simples: se você não sabe algo, reconheça e aprenda. Não é vergonha não saber; vergonha é não querer aprender.

Lembre-se de que o mais importante não é saber tudo, mas ser amigo de quem sabe! Deus sabe todas as coisas. Todos os segredos do Universo estão expostos aos Seus olhos. Ele criou tudo o que vemos, sentimos, ouvimos e cheiramos… Isso me traz uma tranquilidade muito grande. Não sou um sabe-tudo nem preciso ser. Meu Pai é, e sempre está disposto a me ajudar. E você é o sabe-tudo? Acho que não. Tenha um dia cheio de novas descobertas!

3º dia

Você Pula Carnaval?

Portanto, matem os desejos deste mundo que agem em vocês, isto é, a imoralidade sexual, a indecência, as paixões más, os maus desejos e a cobiça, porque a cobiça é um tipo de idolatria. Colossenses 3:5

 

Você já deve saber que a palavra carnaval significa “festa da carne”. As escolas de samba, sobretudo as da cidade do Rio de Janeiro, estão associadas ao jogo do bicho, que é ilegal em nosso país. Nesse período do ano, aumentam significativamente os índices de acidentes nas estradas causados por alcoolismo. Os assassinatos nas madrugadas também aumentam. Sem falar na quantidade absurda de imoralidades que acontecem.

Uma festa como essa trata exatamente da transgressão de todos os mandamentos de Deus. As pessoas não amam a Deus, pois transgridem Suas leis de amor, fazendo para si todos os tipos de deuses e exaltando o próprio corpo. Desrespeitam a morada do Espírito de Deus com todo tipo de vícios, como fumo, bebidas alcoólicas, drogas, etc. E também as pessoas não amam o próximo, pois usam-se uns aos outros em imoralidade e desrespeito.

Felizmente, existem aqueles que agem de outra maneira. Já ouviu falar em retiro de verão? Esses retiros são organizados por jovens adventistas que querem fugir de toda essa bagunça. Eles fazem acampamentos muito legais, com muitas atividades para todas as idades. Lá existem festas da amizade, alimentação de primeira qualidade, gincanas, esportes e muito mais! Tudo isso em meio à natureza e sempre com palestras que nos aproximam de Deus. O carnaval está chegando e você terá que decidir o que fazer nele. Se for viajar com a família, escolha um local calmo, longe de toda a agitação. Se não, que tal ir a um desses retiros? É uma experiência única da qual, tenho certeza, você irá gostar

Tenho que confessar uma coisa aqui. Eu pulo o carnaval todos os anos. Isso mesmo! Vou ao retiro de verão e “pulo” o carnaval, ou seja, não passo por ele! E então? Pronto para pular o carnaval? Vamos pular juntos. Um bom jeito é ir a um retiro de verão! Espero que nos encontremos em algum desses retiros!

4º dia

Aonde Você Pensa que Vai?

Filho, não esqueça os Meus ensinamentos; lembre sempre dos Meus conselhos. Provérbios 3:1

“Aonde você pensa que vai?” Ouvi essa pergunta muitas vezes em minha vida, especialmente quando era criança. Essa é uma frase dita por quem tem autoridade. A pessoa geralmente está nos reorientando. Por alguma razão, essa pessoa acha que não deveríamos ir ao lugar que ela pensa que nós vamos ou, pelo menos, não é a hora para aquilo. Exemplifico: é como se você estivesse se preparando para ir ao shopping com os amigos e seu pai ouvisse você, ao telefone, combinando tudo. Ao desligar o telefone, ele olha para você e diz: “Aonde você pensa que vai? Antes de qualquer coisa, você tem que fazer suas lições. Então, se sobrar tempo, poderá ir ao shopping.”

Quando ouvimos uma frase assim, nem sempre a gente gosta. Preferimos seguir nossa própria consciência, e temos certeza de que sabemos o que estamos fazendo. Porém, a verdade não é bem assim. Geralmente precisamos de um tutor, mentor, alguém que nos direcione os passos. Em minha vida, muitas vezes tive que agradecer a Deus porque pessoas que me amavam e queriam o meu bem demonstravam isso, às vezes, contrariando um plano meu, porque desejavam me mostrar o caminho certo. Muitas vezes não foi fácil admitir que o caminho que escolhi era o errado. Mas ouvir essas pessoas me fez errar menos e acertar mais.

Já imaginou se Davi não se arrependesse de seus caminhos maus, se Paulo continuasse a perseguir os cristãos, se Lutero permanecesse fiel ao erro? Para cada um deles não foi fácil admitir que o caminho que haviam escolhido era um equívoco. Mas eles ouviram a voz de Deus e se transformaram em heróis da fé. E você? Aonde pensa que vai? Cuidado! Nem sempre o que escolhemos é o melhor plano. Hoje é um bom dia para você ouvir a opinião de outras pessoas; sobretudo, das pessoas que o amam. Ouça, reflita, ore a Deus sobre as coisas que o estão incomodando. E, na próxima vez em que você ouvir a pergunta “Aonde pensa que vai?”, lembre-se de que talvez Deus esteja querendo apenas lhe dar um dia e uma vida melhor!

5º dia

Quer Carona ou Vai a Pé Mesmo?

 Que aqueles que semeiam chorando façam a colheita com alegria! Salmo 126:5

Nas férias da faculdade, mais de uma vez, com pouco dinheiro, tive que pegar carona na estrada. Eu e os amigos ficávamos em um posto da Polícia Rodoviária com uma placa escrita: Estudantes. Não lembro ao certo, mas acho que ao todo éramos uns quatro, o que sempre dificultava a carona. Embora hoje eu veja com mais clareza o perigo que corríamos, tomávamos algumas medidas de segurança. Por exemplo: apresentávamo-nos aos policiais, explicávamos quem éramos e quando alguém parava, os policiais pediam a identificação ao condutor, nos apresentava, e pedia pela nossa segurança.

Um motorista nos ofereceu carona até bem próximo de onde queríamos chegar. Entramos contentes e rindo bastante. Aos poucos fomos puxando assunto. Mas, aquele senhor, em vez de conversar, começou a chorar. Quando soube que éramos evangélicos, chorou mais ainda. Quando soube que eu havia estudado no Colégio Curitibano, ele parou o carro e contou sua história.

Ele nos disse: “Sabem, todo pai tem o sonho de dar um bom presente para seu filho quando ele faz 18 anos. Comigo não foi diferente. Lutei, trabalhei, economizei. Quando meu filho fez 18 anos, mandei entregar-lhe o carro na porta de casa. Embora eu não estivesse presente, nem consegui dormir na noite anterior imaginando a cara de surpresa dele. Tinha negócios em Porto Alegre, mas queria que meu filho tivesse o aniversário dos sonhos. O que eu não sabia era que meu filho ficou tão agradecido que quis me fazer uma surpresa. E foi me buscar na capital gaúcha. Só que meu filho, ele falou aos prantos, “nunca apareceu em Porto Alegre. Ele ficou na estrada. Morto. Entendem? Eu matei meu filho; eu lhe dei a arma. “Ele não tinha experiência em estradas e eu nunca mais vi meu filho vivo. ”Coincidência ou não, eu havia conhecido o filho dele. Havia estudado no mesmo colégio que eu. Naquele momento, pudemos consolar esse senhor com as palavras de Jesus e das Sagradas Escrituras. Houve um momento em que todos nós choramos dentro do carro. Foi então que alguém começou a cantarolar um hino de esperança na volta de Jesus, e o sentimento dentro daquele carro mudou. Ir a pé quase sempre é melhor. Mas, às vezes, Deus coloca diante de nós a possibilidade de transformar o choro em alegria. Agora, pegue carona nesta história, e seja uma bênção hoje para outros também!

6º dia

Quem Quer Dinheiro?

Pois o amor ao dinheiro é uma fonte de todos os tipos de males. E algumas pessoas, por quererem tanto ter dinheiro, se desviaram da fé e encheram a sua vida de sofrimentos. 1 Timóteo 6:10

Quem quer dinheiro? Acho que todo mundo quer dinheiro. Pessoas matam e morrem por ele. A Bíblia diz que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Você concorda? Acho que nem tem como discordar. Quando estudamos a história, vemos que a razão última para todas as guerras, as chacinas, o armamento bélico e outras coisas ruins é o dinheiro. O dinheiro pode e deve ser uma bênção. A Bíblia não é contra o dinheiro. Dinheiro em si não é nem bom, nem ruim. A maneira como o usamos é que o torna em bênção ou maldição. Se eu usar meu dinheiro para me alimentar, cuidar da minha família, dar minhas ofertas e devolver meu dízimo ao Senhor e ajudar os que precisam ou os que têm menos do que eu, então meu dinheiro será bênção. Agora, se pego meu salário e compro mais do que eu posso, se gasto com o supérfluo e não me preocupo com os que têm menos condição, então meu dinheiro será um grande problema.

Uma vez, li que o dinheiro não é de quem ganha, mas de quem não gasta. Saber poupar, sem ter apego emocional ao dinheiro, é algo sábio a fazer. Quando recebe um dinheiro de mesada, aniversário ou coisa parecida, o que você faz? Sai correndo para gastar tudo? Ou, depois de devolver o que pertence ao Senhor, ainda espera, analisa e ainda poupa um pouquinho?

Espero que você seja sábio. Deus quer nos dar muitos recursos financeiros, mas não para nós mesmos. Deus quer dar muito para sermos uma bênção muito grande na vida dos outros. É isso mesmo! Dinheiro na mão do cristão é roupa para o nu, comida para o faminto, abrigo para o sem-teto.

Assim, meu amigo, espero que você passe a ver o dinheiro de maneira diferente. Quando Deus dá muito, é para que muitos sejam abençoados. É assim que Deus trabalha. Um dia, você poderá ser um grande profissional; talvez um empresário, um médico de sucesso, um grande advogado, não importa. Se muito, se pouco, use seus recursos da maneira certa. E você quer dinheiro? Só se for para ser uma bênção na vida do seu semelhante! Muita riqueza para você!

7º dia

Passe o Sal?

O sal é uma coisa útil; mas, se perder o gosto, como é que vocês poderão lhe dar gosto de novo? Tenham sal em vocês mesmo e vivam em paz uns com os outros. Marcos 9:50 

 

Você sabe que a maioria do sal que a gente come na comida vem do mar, certo? Tive a oportunidade de ver algumas salinas no litoral norte do Rio de Janeiro. É imenso e muito bonito. Uma brancura fantástica! Chegam a doer os olhos. Gostei do que vi. Minha vontade era brincar naquelas dunas branquinhas. Claro que aquilo ali não é lugar para brincar. O que estava ali era para ser comido; de preferência, aos poucos.

Mas sal é um negócio interessante. Para ser bom, tem que estar na medida certa. É claro que os paladares são diferentes. Uns preferem comida mais salgada, outros preferem comida quase sem sal. Mas todos querem uma coisa: sal na medida certa. Muitas donas de casa, sabendo do problema, colocam pouco sal na comida e depois colocam o saleiro na mesa. Cada um salga como quiser.

Mas numa coisa você tem que concordar comigo. Sem sal, muita comida por aí não teria a menor graça. Já imaginou salada sem sal? Sopa sem sal? Canja sem sal? Não dá!

Uma das funções do sal é dar sabor à comida. Deixá-la apetitosa, saborosa. Mas, neste mundo de pecado, você sabe, até o sal pode estragar e ficar sem sabor, insípido. Então, para nada mais serve e precisa ser jogado fora.

Jesus disse que nós, os cristãos, somos o sal da Terra. Nossa função é dar sabor a este mundo. Deus está dizendo que, apesar do pecado, podemos aliviar o sofrimento das pessoas, levando esperança de dias melhores e a certeza da volta de Jesus à Terra. O que Jesus espera de nós é que façamos, de fato, diferença neste mundo. Como você pode fazer isso? Como ser sal? Muito fácil, basta ser bom para as pessoas, se preocupar com aquele colega da escola que sempre está sozinho, não zombar dos mais fracos, não colar nas provas, obedecer aos pais, ser cortês com os humildes, dividir o lanche com quem não tem, ajudar seu irmão, consolar quem estiver triste, fazer os deveres de casa, falar de Jesus e de Seu amor às pessoas que ainda não O conhecem, etc.

Na próxima vez em que lhe pedirem o sal, lembre-se: sal é mais que um tempero; é a diferença neste mundo. Um dia salgado na medida certa para você!

8º dia

Quem Será o Vencedor?

 Olhe firme para a frente, com toda a confiança; não abaixe a cabeça, envergonhado. Provérbios 4:25

Em 1967, um jogador de futebol americano apareceu em todas as capas de jornais nos Estados Unidos. O nome dele: Roy Ringo. Seu time chegara à grande final nacional e, no primeiro lance da partida, Roy Ringo foi logo fazendo um touchdown, o lance de maior pontuação nesse jogo. Comemorou e foi muito aplaudido. Tudo certo, não fosse o fato de ter sido aplaudido, em pé, pela torcida adversária. Ele fez um ponto contrário. Quando aquela etapa terminou, todos desceram ao vestiário. Silêncio sepulcral por parte de todos os jogadores. O silêncio foi quebrado apenas pelo treinador, Ron Watson, que disse: “Todos os que terminaram a primeira etapa, voltam para o campo.” Nesse momento de muita tensão, Roy Ringo se manifestou e respondeu: “Desculpe, senhor treinador, mas eu não volto mais para o campo, nunca mais mesmo. Eu encerro aqui minha carreira. Serei para sempre motivo de risadas e chacotas. Não jogo mais.” A história conta que o treinador se abaixou e, olhando dentro dos olhos de Roy Ringo, disse: “Filho, o jogo ainda não acabou. Volte para o campo e realize a maior partida da sua vida!” Roy Ringo voltou para o campo, fez três touchdowns em favor do seu time e eles se tornaram campeões!

Quem foi o grande vencedor? Em minha opinião, os dois. Roy Ringo, pela coragem; e o treinador, pela visão, por acreditar que era possível. Quem será de fato vencedor nesta vida? Quem for para o Céu ou Jesus? Em minha opinião, os dois. O pecador, por acreditar no sacrifício de Jesus; e Cristo, por acreditar no ser humano.

Ninguém quer ser um fracassado, um derrotado, um perdedor. Todo mundo quer vencer nesta vida, mas, sobretudo, na vida eterna. Fico maravilhado ao entender que Jesus é meu Treinador, sempre acreditando em mim, sempre me olhando nos olhos e me colocando em campo todos os dias. A verdade é esta: o jogo ainda não terminou, ainda podemos realizar a maior partida da nossa vida. Jesus continua acreditando em você e em mim. Quando a gente erra, marca um ponto contrário. Quando estamos desacreditados, quando nem nós mesmos acreditamos, o grande Treinador diz: “Eu acredito em você! Você consegue!” E, então, o que está esperando? O jogo ainda não terminou, volte para o campo e realize a maior partida da sua vida!

9º dia

Esse é o Caminho Certo?

Eu sigo o caminho que Ele me mostra e nunca me desvio para lado nenhum. Jó 23:11

Uma das sensações mais horríveis é a de estar perdido. Você olha para todos os lados e não reconhece nada. Anda mais um pouco e não adianta nada. Anda mais um pouco só para confirmar que realmente está perdido. Um dia desses, ouvi a história de um pastor que viajou mais de mil quilômetros de carro com a esposa e ficou muito cansado. Decidiu pedir para ela continuar a viagem. Faltavam cerca de 350 quilômetros para chegarem ao destino. Quando acordou, ele achou tudo muito estranho, pois a mulher já havia dirigido 400 quilômetros e a cidade ainda não havia chegado. Quando prestou mais atenção, viu que a mulher havia se perdido enquanto ele dormia e andara 320 quilômetros para trás. Imagine a cara desse pastor quando percebeu que teria que dirigir mais 670 quilômetros até a cidade destino.

Hoje em dia, o GPS está se popularizando. É um aparelho que nos ajuda a encontrar o lugar ao qual queremos chegar. Guiado pelo satélite mais próximo, o GPS ajuda muito quando não sabemos o caminho mais curto ou mais rápido.

Você sabe que existe mais de uma forma de estar perdido. A situação não se restringe apenas à questão geográfica. A pessoa pode estar perdida com seu dinheiro, com seus relacionamentos ou até consigo mesmo. São pessoas que nunca conseguem se encontrar na vida, que começaram várias faculdades e nunca terminaram nenhuma, que sempre estão devendo para amigos e bancos, que tiveram quatro casamentos e ainda estão sozinhas. Pessoas que não se resolveram e não se encontraram. É triste ver pessoas boas, que amamos, mas que nunca encontraram um caminho para seguir.

Quando eu era pequeno, cantava um hino que dizia assim: “Vou caminhando, sempre contente, pela estrada rumo ao Céu. Não tenho medo, vou confiante, pois Jesus comigo está.” É tão bom estar num caminho desses na vida! Ter a certeza da melhor companhia, Jesus, em todos os momentos! Com Ele, é claro que estamos no caminho certo, pois é a única pessoa confiável neste mundo tão confuso. Gosto da frase que li um dia. “Se você está seguindo no rumo errado, lembre-se: Deus encheu a estrada de retornos!” Se o caminho por onde você anda não é o correto, é tempo de mudar. Boa caminhada… no caminho certo!

10º dia

O Que Quer Dizer “Não Matarás”?

 Não mate. Êxodo 20:13

Existem países que são a favor da pena de morte, como a China e alguns estados norte-americanos. Ali, os métodos e a forma de julgamento são diferentes, tendo em vista avaliar se o condenado deve ou não morrer. Existem muitos problemas com esse tipo de condenação. O primeiro é que isto não é responsabilidade nossa. Segundo, muitas injustiças já foram comprovadamente cometidas.

Mas você sabia que existem outras formas de matar? Tiago 3: 9 e 10 diz que a vida e a morte estão no poder da língua. Uma palavra pode produzir vida, felicidade e alegria; ou destruição, tristeza e morte. Nós é que escolhemos o que faremos com nossas palavras.

O pastor Marvin L. Williams escreveu que em certa ocasião ele estava almoçando com um amigo, e um homem branco o chamou de “menino”. O pastor ficou chocado, e seu amigo chegou a chorar. Ser chamado de “menino” era um rótulo que afrontava a dignidade dos negros nos EUA, no período da escravatura. Era rebaixá-los a menos que homens. O pastor Marvin conta que, quando ouviu aquela palavra, quis responder com uma palavra igualmente cruel. Mas, imediatamente, se lembrou das palavras de Jesus: “Não mate” (Mateus 5:21). Jesus explicou que tirar a vida de alguém não significa somente a morte física. Mostrar desprezo por uma pessoa também é um tipo de homicídio. Chamar uma pessoa por nomes feios é um ato condenado por Jesus (verso 22), pois insulta a Deus, que criou todos nós à Sua imagem e semelhança. Somos responsáveis pela paz e alegria que proporcionamos ao nosso próximo. Quando insultamos alguém, insultamos a Deus, porque Ele é tanto Pai dessa pessoa quanto nosso. Todos somos próximos uns dos outros.

Assim, lembre-se: talvez, sem saber, você esteja determinando em sua vida a morte de muita gente, quando satiriza, quando humilha, quando dá risada de outros colegas. Por isso, que tal mudar de atitude? O que acha de decidir, hoje, só abrir a boca para elogiar, ajudar e fazer alguém feliz? Não se surpreenda se o maior beneficiado for você mesmo!

11º dia

Por que Deus Criou Você?

Os seus descendentes vão formar uma grande nação. Eu o abençoarei, o seu nome será famoso e você será uma bênção para os outros. Gênesis 12:2

Infelizmente, muitas pessoas preferem acreditar que a Terra surgiu de uma explosão e que a vida toda tem sua origem aí. Mas, quando vejo a natureza em sua quase infinita complexidade, fico pensando: que explosãozinha perfeita essa, hein? Se nem mesmo nós, seres humanos, somos capazes de criar uma flor, uma fonte cristalina, um pássaro ou mesmo a vida mais simples existente.

Amigo, demorou milhares de anos para podermos decifrar nosso código genético. Não conseguimos criar nem uma fruta do nada. Que diríamos de uma explosão que criou tudo isto? Impossível, desculpe-me, mas é impossível! Apenas vida inteligente e muito superior à nossa poderia fazer isso.

Qual arquiteto pensaria em projetar uma casa redonda, onde existissem aves que cantam, fosse muito colorida, girasse o tempo todo sem perder o equilíbrio e, ainda por cima, ficasse sustentada no nada? Quem mais seria capaz? Você sabe dizer? Deus fez tudo. Mas, de que serviria tudo isso, se ninguém pudesse morar em um lugar assim? Se ninguém fosse capaz de apreciar tais maravilhas? Deus queria que seres pensantes compartilhassem Sua alegria e desfrutassem tais encantos. Agora, pare um pouquinho e olhe bem lá no fundo do seu coração. Você percebe o tamanho do seu valor? Deus não cria coisas inúteis. Quando você aprende o amor de Deus, começa a valorizar e gostar de si mesmo. Essa é uma prova de que Deus acredita em você. Claro! Foi Ele quem o fez! Procure olhar para você como Deus o vê. “Você é uma ideia de Deus.” Mas a questão central é: por que Deus criou você? Por que Deus me criou? Essa pergunta precisa ser respondida se quiser entender o sentido das coisas em nossa vida.

Um pastor escreveu certa vez: “Deus o criou porque você é uma solução para alguém.” Deus o criou porque você é necessário para alguém em algum lugar. Esse talvez seja o sentido da vida! Fazermos diferença na vida de outros filhos de Deus. Essa corrente do bem é maravilhosa. Nascemos para abençoar outros! Outros nascem para nos abençoar. Não tenho dúvidas de que minha esposa e eu somos uma bênção para nossos filhos e que eles são uma bênção para nós. O mesmo se dá com amigos, professores, comerciantes e aí por diante! Então, seja uma bênção agora mesmo e recrie, com Deus, o sorriso no rosto de alguém!

12º dia

Você Come Calabresa?

 É proibido comer carne de porco. Para vocês o porco é impuro, pois tem o casco dividido, mas não rumina. Levítico 11:7

 

As pessoas dizem que uma das carnes mais saborosas que existem é a de porco. É suculenta, tenra e cheirosa. Alguns acreditam que é a melhor carne de todas. Mas quero lhe contar uma história real.

Conheci um homem casado, com dois filhos já adolescentes. Aparentemente, era um homem normal. Bom papo, agradável, inteligente, mas tinha um problema muito sério. A qualquer hora esse homem podia desmaiar, ficar fora de si por um bom tempo e até morrer.

Quando ele era criança, não conhecia Jesus nem Seus mandamentos. Por isso, comia carne de porco. Não sei se você sabe, mas existem carnes que Deus nos proíbe de comer para que nossa saúde seja melhor. Como não conhecia bem a Bíblia, ele comia carne de porco quase todos os dias! Resultado: comeu larvas junto com a carne suína. Hoje, ele tem 16 vermes de porco no cérebro.

As larvas estão mortas, calcificadas. Mas ele corre risco de morte iminente a todo instante. Vive com os olhos diante da morte o tempo todo.

Podemos extrair algumas coisas desse fato. Uma delas é que conhecer as ordens de Jesus é uma bênção. Somos protegidos de um monte de problemas e doenças. Quando escolhemos fazer o que Jesus diz, nunca perdemos, só ganhamos! Outra questão importante é que nem sempre o que é gostoso é certo. A carne de porco pode ser gostosa, suculenta, cheirosa, mas traz doenças e pecado sobre nós.

Por isso, amigo, antes de escolher seus alimentos, veja do que Deus Se agrada. Deus sempre quer o nosso melhor e nunca nos privaria de nada que fosse para nosso bem. Existem outras coisas que talvez não sejam proibidas por Deus, mas que deveriam ser evitadas ou comidas com moderação, como salgadinhos, chocolates, frituras, refrigerantes, doces e coisas assim. Engraçado, enquanto existem alimentos que nunca devem ser ingeridos, outros devem ser comidos, se possível, todos os dias. Outros, com moderação. Seja como for, antes de escolher sua alimentação, veja o que Deus quer para você. Que sabor de pizza você quer? Tenho certeza de que não será calabresa. Que tal a de muçarela?

13º dia

Você Gosta de Rir?

A alegria faz bem à saúde; estar sempre triste é morrer aos poucos. Provérbios 17:22

Tem gente que não gosta de rir em tempo nenhum. Você já viu? Gente que, no momento da piada mais engraçada do mundo, quando todos estão gargalhando, apenas dá um semissorriso, meio amarelado. Que coisa… Rir faz tão bem! Que delícia poder rir feliz, sem preocupação nenhuma, a não ser curtir um bom momento com os amigos e com a família. Momentos únicos que formarão nosso cabide de lembranças.

Mas, sabe como é, nem sempre rir foi popular. Na Idade Média, por exemplo, o riso era algo próprio dos demônios. Não se podia rir em público, e em lugares fechados deveria ser feito sempre com moderação! Mas, para dar exemplos, não precisamos ir tão longe, não. Na Alemanha, um juiz ordenou que um homem parasse de dar gargalhadas num parque. Joachim Bahrenfeld, um contador, foi levado à corte por uma das pessoas que corria no parque. Ela alegou que as risadas de Joachim a atrapalhavam. O juiz determinou que, se ele voltasse a rir no parque, poderia pegar até seis meses de detenção.

Dá para acreditar numa história dessas? Mas é verdade. Já imaginou o diálogo? Alguém dentro da cadeia pergunta: “Ei, você aí. Por que está aqui?” “É que eu ri alto demais no parque, e o juiz mandou me prender.” Realmente não dá para acreditar!

Você é daqueles que conta a piada ou que ri dela? É daqueles que não gostam que contem piadas nem gosta de ouvi-las? É importante lembrarmos uma palavrinha aqui: equilíbrio. Tudo na vida é assim. Entre o oito e o oitenta existem 72 números. Ou seja, nem rir demais, nem se esquecer de sorrir. Você não precisa ficar gargalhando segunda-feira pela manhã no parque da sua cidade, mas também não precisa ficar de cara amarrada o tempo todo.

Eu gosto de rir, gosto de ouvir e contar piadas, mas somente as verdadeiramente boas! Tudo tem sua hora e lugar. Hora de ficar sério e hora de sorrir. Fique tranquilo. Pode rir, sim. Jesus ria também. Ele era alegre e feliz. As crianças adoravam estar perto dEle, sabe por quê? Porque Ele ria, sorria e tinha mansidão no olhar. As crianças enxergam o amor a quilômetros de distância, e viam nEle alguém bom, puro e sempre receptivo!

Ria mais, brinque mais, não leve tão a sério os pequenos problemas do dia a dia. Ria mais e você verá que a vida com Jesus pode ser o início de um eterno sorriso!

14º dia

Você Tem Medo de Perguntar?

Você falará com Arão e lhe dirá o que ele deve dizer. Eu os ajudarei a falar e direi o que vocês devem fazer. Êxodo 4:15

Diz um pensamento: “É melhor perguntar e ser tolo por 5 minutos do que não perguntar e ser tolo a vida inteira.”

Uma avó contou, certa vez, a brincadeira que fez com sua neta de 4 anos de idade. A brincadeira era fazer perguntas sobre qualquer assunto para “ver quem sabe”. Assim, a avó, querendo ver se sua netinha já sabia identificar todas as cores, colocou várias gravuras coloridas com vários tons de cores em cima de uma mesa, e começou a perguntar as cores para a menina. A netinha acertava todas. A avó achou aquela brincadeira divertida e continuou. Depois de algum tempo, a menina dirigiu-se para a porta e disse com ar de sabedoria: “Vovó, de agora em diante, acho melhor você tentar descobrir sozinha!”

Você já parou para pensar quantas perguntas fazemos por dia? E já percebeu que normalmente temos muito mais perguntas a fazer do que respostas a dar? A sala de aula é, muitas vezes, o lugar em que mais temos medo de levantar o braço para perguntar, porque não queremos que pensem que somos lentos para entender, ou simplesmente por vergonha. É verdade também que existe certo tipo de estudante que não pergunta, não porque tenha vergonha, mas porque não quer saber mesmo. Esses pensam assim: dando para passar, por que perguntar? O aluno que presta atenção e pergunta é alguém interessado. Mesmo que aquela matéria não seja o “seu forte”, ele se esforça para aprender, porque sabe que ela poderá ser útil algum dia na vida.

Uma professora escreveu: “Só existem duas formas de se aprender na vida: lendo ou absorvendo a explicação de alguém.” Todo bom professor aprecia o aluno que pergunta. Ninguém, na face da Terra, sabe ou conhece tudo. Só Deus entende e sabe como tudo funciona.

Quando Jesus viveu na Terra, as pessoas Lhe faziam muitas perguntas, tanto os que gostavam dEle como os que não gostavam. Jesus nunca os repreendeu por fazerem perguntas; Ele respondia a todas, as bem-intencionadas e as mal-intencionadas. Quando Jesus queria saber alguma coisa, Ele também perguntava. Sabe quem inventou a pergunta? Foi Deus. Quando quiser saber alguma coisa, faça como os discípulos de Jesus e todos os gênios da história da humanidade: pergunte! Entendeu?

15º dia

Foi Você?

Eles nos ensinam a vivermos de maneira inteligente e a sermos corretos, justos e honestos. Provérbios 1:3

Três irmãos moravam em uma casa onde havia um grande porão. A mãe dos meninos colocou um tapete que cobria todo o chão. Os três irmãos desciam e subiam a escada do porão, levando e trazendo seus brinquedos. Um dia, a mãe reparou que a escada estava feia e suja. Então, ela disse para os meninos: “Quero que vocês peguem todos os brinquedos que quiserem e tirem lá do porão, pois vou pintar a escada. Até a tinta da escada secar, vocês não poderão passar por ela.” A tinta ainda estava molhada, e um dos meninos, Roberto, percebeu que havia se esquecido de pegar um brinquedo. Assim, ele foi até o topo da escada e pensou: “Tenho as pernas compridas; poderei escorregar pelo corrimão e só pisarei nas pontinhas dos degraus. A mamãe nem vai perceber.” Assim ele fez. Mas esqueceu que teria que subir as escadas para voltar. Quando chegou lá em cima, seus sapatos estavam lambuzados de tinta e todos os degraus da escada estavam manchados. Ele tirou os sapatos e foi esconder-se embaixo das cobertas.

Não demorou muito, ouviu a mãe ralhando com o irmãozinho mais novo. O irmãozinho dizia: “Mamãe, não fui eu!” E começou a chorar. Mas a mãe não acreditava, porque Ricardo, o mais novo, estava sempre se metendo em confusão. Quando Roberto ouviu seu irmãozinho chorar, pensou: “Não posso deixar que Ricardo leve a culpa.” Então, Roberto saiu do quarto correndo e disse: “Mamãe, a culpa é toda minha. Fui eu que pisei na escada.”

Essa história é bem infantil e aparentemente sem muitas pretensões. Mas a verdade é que muita gente pegou anos de cadeia porque os verdadeiros culpados deixaram que um inocente pagasse por algo que eles tinham feito. Em alguns países, pessoas até morreram sendo inocentes!

Em escala infinitamente mais complexa e profunda, deixamos Jesus sozinho, inocente, pagando nossos pecados na cruz do Calvário. Temos que reconhecer que a culpa é nossa. Mas o inocente Jesus sofreu as penalidades em nosso lugar. Isso ocorreu uma única vez e nunca mais acontecerá.

Você já deixou alguém levar a culpa por algo que você fez? Com toda certeza, a maioria de nós já deixamos. Você tem culpa de alguma coisa? Então, corra e tire a tinta de seus sapatos! Com certeza você receberá o perdão!

16º dia

Você Está em Forma?

Vocês sabem que numa corrida, embora todos os corredores tomem parte, somente um ganha o prêmio. Portanto, corram de tal maneira que ganhem o prêmio. 1 Coríntios 9:24

Você está em forma? Quero dizer: está em boa forma física? Se eu lhe chamar hoje para correr comigo no parque da minha cidade, você me acompanha por 21 quilômetros? Não? E 10 quilômetros? Mais fácil um pouco? Tudo bem, darei uma boa chance para você. Vamos correr só dois quilômetros, claro… Você a pé e eu de carro! Brincadeira. Mas agora, de verdade, você tem praticado algum esporte, feito algum exercício? Isso é bem mais importante do que você pode imaginar. Milhares de pessoas morrem todos os anos por doenças causadas pelo sedentarismo.

Claro, você não precisa ser um iron man como Dean Karnazes, que completou a maratona de Nova York em 2006 com uma façanha até então considerada impossível. Dean correu 50 maratonas em 50 dias. Exatamente isso, 50 maratonas em 50 dias. Ele, claro, é um atleta profissional. Tem o acompanhamento de vários médicos e seu biótipo é bem favorável. Mas, se não precisamos ser como ele, ao menos não podemos ir para o outro extremo. Tem gente que fica cansada até subindo escada rolante. Gente que acorda mais cedo só para ficar mais tempo sem fazer nada. Espero que você não seja um desses. Que você tenha uma vida equilibrada e feliz. Tenho certeza de que deve existir algum exercício do qual você goste, basta procurar. Existe modalidade de tudo hoje em dia. Uma delas, tenho certeza, se enquadrará perfeitamente com você. Então, você já sabe. Hoje, na aula de educação física, nada de ficar enrolando o professor. Corra, ande, brinque, jogue. Mas, por favor, faça alguma coisa!

Nunca fui bom jogador de handebol, mas me adaptei bem ao futebol. Tem gente que não gosta de esportes coletivos. Então, faça natação, por exemplo. Assim, tenho certeza de que você entrará em forma.

E, quando estiver em forma, você perceberá que terá mais disposição para estudar, para crescer, para sonhar. Suas ideias ficarão mais claras, seus sentimentos, mais nobres. Tudo vai mudar, e mudar para melhor. Nossa autoestima fica equilibrada. Então? O que está esperando? Mãos à obra! Feche um pouco a boca e, hoje, esqueça o elevador; vá pelas escadas. Caminhe mais, corra mais. Tenho certeza de que, rapidinho, você entrará em forma! E então? Quer correr comigo?

17º dia

Você é Você Mesmo?

Pois Eu dei o exemplo para que vocês façam o que Eu fiz. João 13:15

 

Um pensamento que considero muito importante diz o seguinte: “Nenhum reconhecimento externo vai substituir a alegria de poder ser você mesmo.”

Conheço muita gente que gostaria de ser outra pessoa. Gente que não gosta de si mesma por razões variadas. Ou é por causa do cabelo, ou é por causa do nariz, ou por causa da cor da pele, ou porque é pobre ou por tudo. Assim, vivem querendo ser outra pessoa. Mas… para quê? O que essas pessoas querem é ser felizes.

Quando eu era pequeno, não gostava muito do meu nome. Achava ele meio curto demais: Ivan. Como não podia mudá-lo, fui me acostumando e já faz muito tempo que passei a admirá-lo. Acho que com outras coisas em nossa vida, isso também é possível. Às vezes, existem coisas em nós que não dá para mudar. Mas dá para mudar nossa forma de ver essas coisas. O nariz é o mesmo, o cabelo é o mesmo, o nome (Ivan) é o mesmo. Mas dá para mudar a forma de encarar as coisas.

Acho que o grande problema é quando temos partes feias, não no corpo, mas no caráter. Com isso sim, devemos nos preocupar. Isso sim deve ser nosso motivo de tristeza e luta por mudança. Acho que hoje é o dia do exame de consciência e caráter. Veja o que você precisa mudar. O que tem feito você ficar feio por dentro? Mude. Mas mude agora!

Quanto à parte exterior, fique tranquilo. Somos todos diferentes uns dos outros. Cada um tem sua beleza e seus talentos. Até mesmo as flores, sendo da mesma espécie, não são iguais umas às outras. Deus não cria cópias, e nós O honramos quando escolhemos ser como Ele nos fez. Seja o que você é, não seja escravo, mas livre, e nunca precisará fugir de nada. Nunca tenha receio de ser você mesmo e, na diferença, glorifique a Deus. Ou seja, mude o que de fato precisa mudar, e deixe suas igualdades e diferenças como o que o difere dos demais. Por fora seja você mesmo; por dentro seja como Jesus.

18º dia

A Mentira Tem Mesmo Perna Curta?

Os meus lábios nunca dirão coisas más, e a minha língua não contará mentiras. Jó 27:4

Você costuma mentir? Está bem, vou mudar a pergunta. Você já mentiu alguma vez? Acho que todo mundo já mentiu pelo menos uma vez na vida. Minha preocupação, hoje, é com aqueles que têm o hábito de mentir. Talvez você nem saiba, mas uma mesma mentira repetida inúmeras vezes pode se tornar verdade para alguns. Isso acontece porque tem gente que diz tanta mentira sobre um mesmo assunto que seu inconsciente não sabe mais detectar o que de fato aconteceu e o que é inventado.

Existe um milhão de tipos de mentiras; porém, a mais perniciosa, a meu ver, é a “meia verdade”. O indivíduo mistura a verdade com a mentira. É um misto do certo com o errado. Esse é o método do inimigo de Deus para nos destruir. E, infelizmente, alguns usam esse método para levar vantagem nas coisas e se beneficiar.

Muito cuidado também com as ditas “mentirinhas” ou “mentiras brancas”, como alguns chamam. Aparentemente não fazem mal a ninguém; são detalhes, pequenas inverdades, mas que sorrateiramente minam nosso caráter. O fato é um só: qualquer tipo de mentira é pecado. Não importa quanto você tente relativizar, mentira sempre será mentira. Nada pode justificar, nada pode diminuir o erro. Pecado é pecado, lembre-se sempre disso.

Quando eu estava no ensino médio, conheci um garoto. Vou chamá-lo de Murilo. Ele mentia tanto, tanto, mas tanto, que você não acredita. Várias vezes ele foi apanhado em contradição, mas nada o fazia mudar. O tempo passou, nossa vida percorreu outros caminhos, e um dia desses me encontrei com o rapaz. Mais maduro, mais responsável, ele me contou várias coisas que estava fazendo. Fiquei feliz por ele, mas me decepcionei quando soube que boa parte daquilo que ele me contou era mentira.

O que parece é que esses mentirosos compulsivos não entendem que o dito popular é verdadeiro: “Mentira tem perna curta”. Ou seja, mais cedo ou mais tarde alguém vai descobrir, e aí não ficará nada bem. Tenho aprendido que o certo é sempre melhor que o errado e que a verdade é sempre melhor que a mentira. Não é fácil ficar sem mentir, mas creio que é possível. Basta nos apegarmos a Jesus. Ele sempre foi a personificação da verdade. NEle não há mentira. E quem estiver em comunhão com Ele não mentirá, jamais. Se mentira tem perna curta? Nem perna tem! Ela rasteja e para na lama. Não é lá que você quer estar, certo?

19º dia

Para que Servem os Obstáculos?

Porque todo filho de Deus pode vencer o mundo. Assim, com a nossa fé conseguimos a vitória sobre o mundo. 1 João 5:4

Pense pequeno e espere pequenas realizações. Pense grande e alcance o sucesso. Para conseguir chegar ao topo de uma montanha, é preciso aprender a subir e a descer, a cair e a levantar, e recomeçar com a mesma vibração e coragem.

Conta-se que um rei colocou uma pedra enorme bem no meio de uma estrada. Em seguida, se escondeu e ficou observando se alguém tiraria a enorme rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Outros esbravejaram contra o rei, dizendo que ele não mantinha limpas as estradas. Mas nenhum deles tentou remover a pedra. Passado algum tempo, aproximou-se um camponês levando uma carga grande de vegetais. Foi chegando mais e mais perto da imensa rocha. Quando estava bem diante dela, parou, olhou, pensou. Colocou sua carga de lado e começou a remover a pedra dali. Após muito esforço e suor, o camponês conseguiu remover a enorme pedra do caminho. Voltando para pegar sua carga de vegetais, notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra. O camponês pegou a bolsa e viu que ela estava cheia de moedas de ouro e um bilhete escrito pelo rei, que dizia: “Todo obstáculo tem uma oportunidade para melhorarmos nossa condição.”

O camponês poderia ter feito como os outros viajantes. Poderia ter dado a volta na pedra e ter seguido viagem, pois nada o obrigava a tirar a pedra do caminho. Porém, ele sabia que aquela pedra estava fora do lugar e poderia se tornar um grande problema para outras pessoas, ao passarem por aquela estrada à noite. O camponês agiu conforme as suas forças. Mesmo sabendo das dificuldades que enfrentaria.

Jesus não mediu sacrifícios e removeu a enorme pedra do pecado do seu e do meu caminho. Jesus venceu, por nós, o maior e mais difícil obstáculo. Agora, a estrada está livre para que possamos passar por ela, a qualquer hora, seguros, em direção ao Céu. Jesus removeu a pedra do pecado e removeu também a pedra do sepulcro, não apenas para nos garantir uma boa viagem, mas para nos garantir uma linda vida eterna!

20º dia

Você é um Bom Cidadão?

Mas nós somos cidadãos do Céu e estamos esperando ansiosamente o nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que virá de lá. Filipenses 3:20

Eu vou lhe dizer uma coisa: tem gente que escolhe se omitir nos problemas da sociedade e não se importa com as injustiças sociais de seu país. Esquecem-se de que o lugar em que vivemos é o resultado de todas as nossas pequenas ações junto. Não gostar de política, não acompanhar as eleições, não pedir nota fiscal nos estabelecimentos comerciais e outras coisas assim são formas de omissão, que promovem a desigualdade social.

Dá para acreditar que, mesmo em nossos dias, tem gente que ainda não recicla o lixo de casa, desperdiça água, não aproveita bem os alimentos, não se preocupa com a saúde do planeta? Ser um bom cidadão é estar consciente dos problemas modernos, saber de suas responsabilidades e viver seus direitos!

Você é um bom cidadão? No prédio em que moro presenciei uma cena interessante. Estacionei meu carro na garagem e, quando cheguei para pegar o elevador, logo chegou uma garotinha de uns 10 anos com seu pai. Como o elevador demorou, o pai da garota quis chamar o outro elevador, mas foi repreendido pela menina, que disse: “Pai, e a ecologia? Para que gastar mais energia? Vamos esperar mais um pouquinho!” Com um sorrisinho sem graça, o pai olhou para mim e disse: “É a segunda vez, nesta semana, que ela me dá uma lição de moral!”

O que ninguém sabia era que eu estava morrendo de vontade de chamar o outro elevador. Não foi só o pai daquela menina que recebeu uma boa lição de consciência cidadã e ecológica. Já imaginou se todos nós agíssemos como essa menina? Com certeza, o mundo seria melhor.

Um dia desses, vi o primeiro prédio ecológico do Brasil. Totalmente adaptado às questões ambientais, com um mini-centro de tratamento de água no subsolo, o prédio aproveita toda a água da chuva e até aquelas gotinhas de água que caem do ar-condicionado. Ganhou um prêmio internacional por sua postura. Isso é atitude! Isso é cidadania! Acredite, você pode fazer a diferença neste mundo. Mas, com certeza mesmo, seremos perfeitos cidadãos no Céu. Lá, Jesus já fez toda a diferença.

21º dia

Devemos Obedecer Sempre?

Então Pedro e os outros apóstolos responderam: – Nós devemos obedecer a Deus e não às pessoas. Atos 5:29

 

Um dia, li a história de um menino muito bagunceiro que, em muitas ocasiões, chegava a ser inoportuno. Não tem nada de errado em ser alegre e feliz, mas tudo tem limites. A história que li dizia que ele estava em pé na cadeira, pulando e dançando, na hora do jantar. Depois de várias advertências, o pai teve que falar mais sério com o garoto. Por algum tempo, o menino ficou sentado, de braços cruzados, com cara emburrada. Então, falou: “Estou sentado só por fora, mas por dentro continuo de pé.”

O menino não reconheceu a autoridade do pai nem que estava errado. Obedeceu pela força e não por amor.

Você já parou para pensar que a vida está cheia de “obedecer”? Obedecer aos pais, aos professores, às leis de trânsito e às leis do país são algumas delas. Devemos respeitar aos professores e obedecer-lhes; eles são um dos meios pelos quais adquirimos conhecimento que aplicaremos à vida toda. Honrar aos pais é um mandamento bíblico.

Mas também é verdade que existem coisas que não devemos obedecer. Se alguém nos manda fazer algo errado, devemos desobedecer. Como saber quando e a quem obedecer? Todas às vezes que tiver que obedecer a alguém ou a alguma lei, você deve pensar se esse alguém ou essa lei estão de acordo com o que a Bíblia ensina.

Ananias, Misael e Azarias desobedeceram ao rei e não se curvaram diante da imagem de ouro. Eles sabiam que poderiam morrer, mas preferiram obedecer a Deus. O Senhor ordenou que Noé construísse um barco em terra seca, e isso, aparentemente, não fazia nenhum sentido. Noé, porém, sabia que com Deus daria tudo certo.

O menino da história obedeceu a seu pai por obrigação e medo; e ainda ficou com raiva. Ananias, Misael, Azarias e Noé, obedeceram por amor. Noé foi a primeira pessoa a quem Deus chamou de “justo” (Gênesis 7:1, ARA). Por meio de uma arca e de uma família, Deus preservou a humanidade. Noé e os jovens na Babilônia demonstraram que vale a pena obedecer. Na próxima vez em que tiver que obedecer, obedeça por dentro e por fora.

22º dia

Qual é a Música?

Cantem hinos de louvor ao Senhor; toquem músicas na lira em louvor ao nosso Deus. Salmo 147:7

De que tipo de música você gosta? Quando eu morava em Curitiba, a moda entre a galera era o Rap. Despontava no início da década de 90 um rapaz chamado Gabriel, que se intitulava “O Pensador”. Com letras polêmicas e reflexivas, conquistou as massas rapidamente. Vinte anos mais tarde, me mudei para Campo Grande (MS) e ali descobri que a grande onda era a música sertaneja! Jovens, velhos e crianças – todos ouviam duplas sertanejas. Era uma festa! Confesso que nunca me adaptei a esse estilo musical, mas vi com meus próprios olhos pessoas que gostam dessa música e são normais!

Não sei de que tipo de música você gosta, mas a música pode ser algo lindo, maravilhoso e também pode ser relativo e perigoso. Uma música pode fazer você relaxar, pensar, e até adorar. Por outro lado, pode deixá-lo mais nervoso e violento. A música deve sempre ser levada a sério em nossa vida.

Nunca podemos nos esquecer de que há muito, muito tempo, lá no Céu, antes mesmo de a Terra ser criada, Lúcifer foi o regente dos coros celestiais. Ninguém entendia mais de música do que o inimigo de Deus. Infelizmente, ele é 100% mau e destrói tudo de bom que Deus criou. Não é diferente com a música. Ele deturpou a música e hoje vemos milhares de jovens usando drogas, bebendo e fumando ao som de determinados tipos de música.

Que bom que, enquanto alguns usam a música para se destruir, outros a usam para adorar o Criador! Mais uma vez, aqui temos uma escolha para fazer. O que vamos ouvir? Que música vai deixar nos influenciar? Quais são os CDs que vão compor nossa discoteca? Que tipo de música você tem em seu MP3?

Cada pequena decisão é de fundamental importância para nossa salvação ou perdição. Por isso, creio que a cada dia temos uma grande decisão a tomar. Tudo na nossa vida deve ser revisto, analisado, pensado.

Amigo, Jesus o ama muito. Não ouça, não veja nem faça coisa nenhuma que dificulte o caminho para o Céu. Qual é a música? A resposta é uma só: aquela que me aproxima de Deus!

23º dia

Você Faz Muitas Coisas ao Mesmo Tempo

Deus marcou o tempo certo para cada coisa. Eclesiastes 3:11

Um aluno se aproximou do professor e disse: “Professor, gostaria de ser um grande advogado, mas penso que também deveria me dedicar à medicina, de modo que eu possa ser bom em áreas distintas. Só assim poderia ser o melhor de todos.”

O professor respondeu: “Se um homem vai para o campo e começa a correr atrás de duas raposas ao mesmo tempo, vai chegar um momento em que cada uma vai correr para um lado. Ele ficará indeciso sobre qual deverá continuar perseguindo. Enquanto ele parar para decidir, ambas fugirão. Quem quer ser um mestre tem que optar por apenas uma coisa. E é necessário dedicação. Quando queremos fazer muitas coisas ao mesmo tempo, muitas vezes percebemos que não fizemos nada benfeito.”

Você já ouviu falar que, quando alguém quer realizar ou aprender alguma coisa, é preciso ter “um foco”? Em quantos esportes Pelé se tornou rei? Apenas no futebol. Em qual esporte Michael Schumacher foi sete vezes campeão? Somente na corrida de Fórmula 1. O apóstolo Paulo fabricava tendas e as vendia. Mas seu foco principal era evangelizar pessoas e, para isso, ele dedicava a maior parte do seu tempo a estudar e escrever sobre o evangelho de Jesus. Li certa vez uns versos que diziam:

“Primeiro quis uma coisa, Depois quis outra, Agora quero mais uma, Agora já são três.

Quero muitas coisas, todas elas ao mesmo tempo, mas todas elas não cabem num mesmo tempo:  Cada coisa tem o seu próprio tempo.”

Às vezes, quem muito quer nada tem. É preciso ter foco nas coisas. Dedicação muitas vezes envolve exclusividade. Embora o mundo hoje queira que façamos tudo ao mesmo tempo, lembre-se: há tempo para tudo, até para ser médico e advogado, mas cada coisa no seu tempo. Tenha um dia voltado para um foco.

24º dia

Você Gosta de Fast-Food?

Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o Senhor. Os tolos desprezam a sabedoria e não querem aprender. Provérbios 1:7

Hambúrguer, refrigerante, batata frita e, para rebater, uma casquinha mista! Isso lembra alguma coisa para você? Já faz um bom tempo que a humanidade convive com um fenômeno de vendas e preferência popular.

Acho que todos nós ou, pelo menos, a maioria já experimentou a sensação de comida gostosa e rápida. Embora, geralmente, os locais sejam bem limpos e bonitos, não podemos falar o mesmo da qualidade dos alimentos. Pouco índice nutricional e muitas calorias também caracterizam esse tipo de alimentação.

Comida rápida tem lá suas vantagens, sobretudo em curto prazo. É saborosa, tem baixo custo financeiro e agilidade em um mundo apressado. Mas basta mudar o prazo de curto para longo e veremos que, na verdade, perdemos muita coisa. Imunidade baixa por não termos os nutrientes necessários, além de obesidade intensa e precoce. Doenças decorrentes desse tipo de alimentação já são diagnosticadas por qualquer clínico geral.

Um documentário foi feito nos EUA por um indivíduo que resolveu se alimentar apenas desse tipo de alimento, sob acompanhamento médico. Os resultados foram impressionantes. O rapaz saudável e com peso ideal, em pouco tempo, foi ganhando peso acima do normal e seu colesterol subiu consideravelmente. De fato, quem vê o documentário pensa duas vezes antes de se alimentar dessa maneira.

Veja, não estou dizendo aqui que você nunca mais na sua vida deve colocar os pés em uma lanchonete de comida rápida, mas acho importante você entender que esse tipo de comida deve ser exceção em nosso dia a dia.

Vou confessar uma coisa para você. Também gosto desse tipo de lanche, mas não é por isso que vou comer isso todos os dias, ou uma vez por semana. Lembre-se: exceção é exceção e nunca a regra! Saber comer é tão importante quanto saber andar. Lembre-se das esquecidas, e muitas vezes desprezadas, verduras, frutas e legumes. Eles podem não ser tão rápidos, nem tão saborosos, mas com certeza em longo prazo lhe oferecerão mais saúde e mais tempo de vida com qualidade. Você gosta de fast-food? Eu também, mas você já sabe… Exceção, exceção…

25º dia

Você Está Muito Cansado?

Venham a Mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e Eu lhes darei descanso. Mateus 11:28

Alguma vez você já se sentiu muito cansado? Depois que o pecado entrou na Terra, “tudo fica cansado”. Nós, seres humanos, a natureza, os animais… Depois de uma série de exercícios, se estamos doentes, ou depois de uma noite mal dormida, certamente o cansaço nos fará companhia até que estejamos recuperados novamente. Uma boa maneira de não se sentir cansado física e mentalmente é dormir oito horas por noite. O bom sono descansa o corpo e a mente, e ajuda a manter boa saúde. Mas, enquanto vivermos na Terra sempre estaremos lutando contra o cansaço.

Você e eu precisamos ter cuidado, porque o cansaço pode nos levar a fazer coisas erradas. A Bíblia nos conta algumas delas: Esaú, num momento de cansaço, vendeu sua primogenitura a Jacó. Davi, que havia vencido o gigante Golias, quase foi ferido por um filisteu em uma batalha que durou horas, porque estava cansado. Os israelitas só venciam a batalha contra os amalequitas quando as mãos cansadas de Moisés eram mantidas levantadas por Arão e Hur.

A Bíblia recomenda não ficarmos cansados de fazer o bem (2 Tessalonicenses 3:13). Quando esteve na Terra, Jesus foi vítima do cansaço. Uma dessas ocasiões foi quando Ele precisou Se sentar junto ao poço de Jacó por causa do cansaço depois de uma longa caminhada. A Bíblia diz: “Até os jovens se cansam, e os moços tropeçam e caem” (Isaías 40:30).

O cansaço é um dos resultados do pecado. Mas Jesus, lá no Céu, está preparando boas férias para você e para mim. Jesus, que venceu todas as consequências do pecado, é nossa alegria e nossa força. Ninguém melhor que Deus para nos dar o exemplo para vencermos o cansaço. Ele separou um tempo; separou seis dias para criar a Terra. A cada criação que terminava, Ele dizia: “Está bom!” Depois de realizar Sua obra perfeita, Deus descansou. Dedique-se ao que você gosta de fazer, seis dias por semana. Depois, louve a Deus e, no sétimo dia, descanse, é o dia contra o cansaço! Bom dia!

Parabéns, você foi determinado, persistente, por isso receberá sua bênção merecida, agora olhe-se no espelho e pergunte a si mesmo: valeu a pena comer do pão da vida? Como se sente? Deus o abençoe ricamente!

Leia também:

O invisível que habita em mim

A visão de um profeta

 

By Aucenir Gouveia (Sasho) 

 

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 222

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo