You Are Here: Home » Afetividades » Teoria ‘TRA’ que pode definir o tempo de duração de um namoro ou casamento

Teoria ‘TRA’ que pode definir o tempo de duração de um namoro ou casamento

‘TRA’ é uma fórmula filosófica que significa Tempo de Relacionamento Afetivo.

Não é preciso ser matemático, físico, químico ou psicólogo para se chegar à teoria da expressão física da alma mais importante e desejada pelo coração humano: a expressão física ou matemática que pode medir o tempo de um namoro ou de uma vida conjugal, pois ela nos é revelada através da Sabedoria Divina. Mas será que existe ou sempre existiu amor duradouro? Amor eterno? Casamento bem sucedido? Religiosos do mundo inteiro que pregam o Evangelho, sob a luz e interpretação da Bíblia, atestam que sim (Gênesis 2:24).

O que não é fácil, desde o surgimento da humanidade, neste mundo, é homens e mulheres expressarem uns aos outros amor, renúncia e liberdade na dosagem devida, associados à paciência e à doação balanceadas pra desfrutarem de uma das dádivas de Deus: a união conjugal. O amor (Mateus 19:6), a renúncia(Lucas 14:33) e  a liberdade (Levítico 19:20) formam a expressão física da alma que é a chave mestra que abre as portas para uma vida conjugal duradoura. Essas variáveis determinam o tempo de duração de um relacionamento, quer seja um namoro, seja um casamento. Chamo-as, teoricamente, de variáveis porque além de incalculáveis, intangíveis, imagináveis e perceptíveis, seus valores são dizimáticos e variam de acordo com o estilo de vida adotado por cada pessoa ou casal.

Pintura em tela declaração de amor'

Pintura em tela declaração de amor’

Mas para que possamos entender melhor a teoria da expressão física da alma batizada por mim de ‘TRA’ (Tempo de Relacionamento Afetivo), vamos atribuir valores na escala de 0 a 10 para um casal ‘imaginário’ que se casaram há um ano: Davi e Luiza. Davi expressa um amor=3,1 e Luiza=8,4; Davi expressa renúncia=4,6 e Luiza=9,9; Davi expressa liberdade=9,1 e Luiza=2,1; Será que este casal tem chances de viver juntos por muito tempo? Será que esses valores expressam um estilo de vida baseada no estilo de vida de Jesus? Acredito que não, senão vejamos, observe que Davi expressa menos amor, expressa menos renúncia e expressa mais liberdade que Luiza. Isso significa um resultado desproporcional muito grande na expressão ‘TRA’ de Davi  comparada a de Luiza. Logo há um desequilíbrio grande na relação afetiva. O ideal fosse um resultado de valor próximo entre ambos, ou uma diferença mínima.

Mas ai vem a pergunta, como medir isso? Veja que a expressão física da alma ideal, segundo a Palavra (1 Coríntios 13:4-7), na minha humilde interpretação resume-se em: ‘TRA’ é igual ao amor vezes renúncia divididos por liberdade, ou seja  TRA=(AxR)/L [A=amor; R=renúncia e L=liberdade]. Uma expressão física ou matemática que certamente sempre terá um resultado que satisfaz ou não a expressão.

Mas cuidado, a expressão segue as regras básicas da matemática, por exemplo, se o valor da variável ‘L’ for igual a zero, o resultado da ‘TRA’ também será zero. Isso significa pouco tempo de relacionamento afetivo. Da mesma forma se a variável ‘R’ for igual a zero, o resultado também será de pouco tempo de relacionamento. Quanto maior o valor da variável ‘A’ expressado, maior também deverá ser o valor da variável ‘R’ expressada, quanto a variável ‘L’, ela deve ser equilibrada e está proporcionalmente relacionada com o livre arbítrio (escolha). Somente assim haverá harmonia entre o casal na expressão física da alma ‘TRA’, é como no exemplo de Davi e Luiza, se houver desproporção muito grande no resultado, não haverá nem namoro nem casamento desejado ou duradouro.

A expressão física da alma ‘TRA’ foi criada com o propósito de reflexão e meditação individual ou conjugal, então, pergunte-se: será que as variáveis ‘A’, ‘R’ e ‘L’ da minha expressão ‘TRA’, em relação às variáveis do meu companheiro(a) estão agradando a Deus?

Leia também:

As três melhores vitaminas para combater o estresse  e ter uma vida mais saudável

Tome posse dos 7 termômetros mais importante da alma e viva melhor

By Aucenir Gouveia

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 219

Comentários (1)

  • INTERNAUTA DA MADRUGADA

    querido amigo AUCENIR;EU GOSTARIA DE DAR MINHA OPINIAO SOBRE RELACIONAMENTOS ENTRE CASAIS.FUI CASADA POR 40 ANOS COM O MESMO MARIDO E SEI O Q E AMOR.eu e meu esposo casamos conforme mandava as leis da epoca(1970)eu mocinha virgem;sem a minina experiencia de vida;mas nao me arrependo de nao ter esta(experiencia)q hoje em dia acontece em plena infancia muitas vezes.eramos muito apaixonados um pelo outro;sendo q o q prevalecia era amor;respeito um pelo outro pois sabiamos o nao gostavamos q o outro fizesse.Entao eu creio q o respeito mutuo e um elemento primordial em um relacionamento duradouroclaro;associado ao amor;fidelidade..hoje em dia nao existe mais estas coisas;pois tudo e descartavel;reciclavel.Vemos mulheres q tem 3.ou mais filhos de pais diferentes;visando as pençoes q usufruirao com tal procedimento;hoje uma familia e construida como investimento.As MULHERES INVESTEM EM SEUS ATRIBUTOS: A SEXUALIDADE;NAO NO AMOR o q fica em segundo plano.Mas em minha vida eu tive por quarenta e dois anos este grande amor q hoje esta junto ao SENHOR JESUS;POIS O Q ELE UNIU SO ELE PODERIATIRAR E FOI ISTO Q ACONTECEU.MAS TEMOS Q ADICIONAR JUNTO AO GRANDE AMOR;UMA BOA DOSE DE RESPEITO UM AO OUTRO.UM LINDO DIA DOS NAMORADOS PRA VCS AMADOS DO SENHORPOIS TUDO Q ELE UNIU SO ELE SEPARA.

    Responder

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo