You Are Here: Home » Afetividades » Descubra se o que você sente por ele é amor ou só desejo

Descubra se o que você sente por ele é amor ou só desejo

Saiba identificar quando vale a pena se entregar totalmente a um homem ou se a relação é uma ‘canoa furada’.

No começo tudo são flores. Os acontecimentos indicam que vocês nasceram um para o outro e que nada pode atrapalhar a relação. Embalados pelas aparências e mesmo sem você saber exatamente o porquê, vocês já estão fazendo declarações de amor. Mas será que é realmente amor, ou toda essa empolgação não passa de um grande desejo?

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Tudo bem que é difícil, mas antes de mergulhar de vez em um relacionamento tente ser mais racional e menos emocional. Se percebidas a tempo, algumas atitudes podem indicar quando vale a pena se entregar totalmente a um homem ou se a relação é uma ‘canoa furada’ e, nesse caso, é melhor pular fora.

Confira uma lista elaborada pelo Site Madame Noire com sete coisas que se deve notar antes de apostar todas as suas fichas em uma relação.

Atente à reação dele em uma briga

Não brigar pode parecer algo bom, mas é quando as coisas esquentam que você realmente conhece alguém. Ele pode ser um doce, um cavalheiro e muito maduro quando tudo está bem. Mas quando vocês discordam, ele pode ser do tipo que grita, que bate a porta na sua cara, que finge que nada aconteceu ou que não pede desculpas.

Em casa

Não é para morarem juntos  [o que deve ser feito só depois de falar “eu te amo”], mas passar bastante tempo juntos é uma boa ideia. Pode ser uma viagem, um acordo de finais de semana ou alguns dias por mês. Não podendo “dar um tempo” um do outro faz com que você perceba se o amor é maior do que a implicância com a toalha que ele deixa jogada em cima da cama.

Provoque

Brinque com pequenas manias, como o fato de ele nunca parar de mandar mensagens no celular, e deixe que ele faça piadas e comentários sobre os seus hábitos. Estando os dois bem avisados sobre o que um não gosta no outro, e se conseguirem levar isso numa boa, significa que o orgulho dificilmente vai atrapalhar o relacionamento.

Distancie-se

Se ficar junto é bom para conhecer o parceiro, ficar longe é bom para saber o que você sente por ele. Se por qualquer razão vocês passarem um período sem se ver, será possível perceber se de repente não foram muito rápidos, ou se ele não faz falta, ou se até mesmo ele atrapalha seus planos. Não ter nada para conversar ao telefone é um indicativo de que talvez a relação seja apenas física.

Sejam tentados

Sair com as amigas para um lugar onde a paquera rola solta é um bom momento para testar o relacionamento. Se você não sente vontade de flertar, ou se não fica “aliviada” por ser solteira por uma noite, saiba que logo voltará para alguém com quem realmente se importa e apenas curta a noite com as amigas. O mesmo serve para ele.

Apresente seus amigos

O romance está bom, mas se desligar da vida real não trará benefícios. E além de tudo, a opinião dos amigos realmente importa! Se ele não se der bem com eles, será um relacionamento com problemas. Deixe que seus amigos passem bastante tempo com vocês, e dê a eles carta branca para “julgarem”. É o dever deles.

Sexo

Às vezes, a tensão do desejo sexual pode confundir a mente. A vontade de estar com a pessoa, de sair com ela, de estabelecer uma conexão, tudo isso pode ser apenas vontade de dormir com ela. Portanto, faça isso. Dessa forma, você poderá ver o que sente de verdade, se é paixão ou amor.

E então gostou das dicas?

Matérias Relacionadas:

Mulheres: saibam sobre o que eles pensam na hora do sexo 

Os sinais da mentira que deixam marca da traição

Com informações do Terra e BondeNews

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 222

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo