You Are Here: Home » Reflexão » João de Barro, o “Arquiteto” sem diploma

João de Barro, o “Arquiteto” sem diploma

Quando eu era jovem, pensei que eu tinha um quadro bem claro do que Deus queria fazer comigo. Agora que sou mais velho, percebo quanto estou longe disso, e é tudo culpa minha. Deus não foi capaz de fazer de mim o que eu poderia ter sido porque resisti ao seu poder e permiti que outras influências me moldassem em algo muito menos útil e valioso. Mas ainda há esperança. “Desci à casa do oleiro, e eis que ele estava entregue à sua obra sobre as rodas. Como o vaso que o oleiro fazia de barro se lhe estragou na mão, tornou a fazer dele outro vaso, segundo bem lhe pareceu. Então, veio a mim a palavra do SENHOR: Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel?” (Jeremias 18:3-6).

João de barro

João de barro

Deus pode fazer o mesmo conosco, como indivíduos. Saulo de Tarso era um vaso estragado enquanto resistia ao poder da palavra de Deus e “dava coices contra o aguilhão,” mas quando ele perguntou, trêmulo, “Senhor, o que queres que eu faça?” Deus o transformou num vaso de honra. Não importa quanto possa estar estragada nossa própria vida, ou por quanto tempo tem estado nesta malformação, se quisermos dizer como o poema de Adelaid Pollard:


 Seja do teu próprio modo, SENHOR, seja do teu próprio modo!

Tu és o Oleiro, eu sou a argila.
Molda-me e faze-me conforme a tua vontade,
Enquanto estou esperando, submissa e serena.

tir o pequeno oleiro João de Barro, o “Arquiteto” sem diploma na construção de sua casa. Todo o trabalho foi registrado com muito amor e persistência pelo autor das fotos Daniel Carbajal Sorsona que relata:”É fascinante vê-los trabalhar; é incrível o trabalho que fazem com os bicos e pés. Vemos em muitos lugares ninhos de oleiro João de barro, mostro aqui essa peculiaridade num ninho que foi construído junto a janela do prédio onde moro, após a obtenção de cerca de 600 fotos. O casal de João de barro começou a construir seu lar no final de setembro e terminou em 30 de novembro, trabalhando de 8 a 20 horas por dia de segunda a sábado, é curioso que em meus registros nunca trabalharam aos domingos, se houver alguém que possa me explicar o porquê, ficaria agradecido.” Realmente isso é coisa de Deus!

Clique AQUI e assista esse fascinante vídeo do joão de barro no youtube.

 

 

Matérias Relacionadas:

Páscoa, o que esse dia representa pra  humanidade?

 

By Aucenir Gouveia

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 222

Comentários (2)

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo