You Are Here: Home » Afetividades » Os sinais da mentira que deixam marcas da traição

Os sinais da mentira que deixam marcas da traição

Desconfiada dele? Aprenda alguns sinais corporais e como interpretar certas expressões para desmascarar uma pessoa que está mentindo. Mentira tem perna curta, diz o ditado popular. Mas por que mentimos?

É possível descobrir quando uma pessoa está faltando com a verdade? A pergunta é abrangente e cientistas e pesquisadores têm se debruçado sobre o tema para decifrar os sinais. O fato é que a mentira está em todas as etapas do cotidiano: no ambiente familiar, no trabalho, nas relações com os amigos e até nos relacionamentos afetivos, hoje, principalmente!

Estudos científicos afirmam que escutamos cerca de 210 mentiras por dia e, numa conversa de amigos, são ditas três mentiras a cada dez minutos. Quem garante isso é o grafólogo e especialista Paulo Sérgio de Camargo, autor do livro Linguagem Corporal – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais [Summus Editorial]. Sabia que até a posição dos ombros e até mesmo os pés de galinha ao redor dos olhos são evidências para identificar uma mentira? Mas cuidado que não existe um único sinal.

“Não existe um único sinal para detectar a mentira. Na verdade, existe sim: o do Pinóquio que, quando mente cresce o nariz”, brinca o especialista. O que existe são sinais ligados à ansiedade. Quando a pessoa mente, aparecem sinais de desconforto, tensão, ansiedade, aumenta o nível de estresse, entre outros, que refletem no corpo. Com base neles é possível reconhecer uma mentira ou não.

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Um exemplo. A mulher chega para o namorado ou marido e pergunta: “Onde você estava no sábado à noite”? Ele responde: “Estava jogando futebol com os amigos”. Se estiver mentindo, aumenta, por exemplo, o número de piscadelas. Isso é um sinal de mentira. Ela desconfia e começa a apertar ele ainda mais. Esse homem, então, começa a olhar para as portas e o corpo segue a direção. Por quê? “Ele está incomodado e quer o quê? Ora, fugir da situação”, observa o especialista.

Esse mesmo homem vai gaguejar, mostrando mais um sinal de ansiedade ligado à mentira. Passar a mão no cabelo, coçar o pescoço, passar a mão no ouvido (porque ele não quer ouvir as próprias mentiras), tapar a boca para falar também é um sinal de mentira. O olhar é bastante indicativo de mentira.

Na hora que você faz uma pergunta para ele e este vai buscar uma imagem que já conhece, ele olha para cima e para a esquerda. Na hora que a pessoa vai mentir e precisa criar uma situação, olha para cima e para direta. Então, se o homem desse exemplo responder para você que estava no futebol com os amigos olhando para cima e para direita, é sinal claro de mentira.

Ele pode também soltar as típicas frases dos mentirosos para ganhar tempo: “Por que eu mentiria para você?”, “Para dizer a verdade…”, “De onde você tirou essa ideia?”, “Pode repetir a pergunta?”, “Juro por Deus…”, entre várias outras. De acordo com Paulo Sérgio, os sinais são universais, mas existem pequenas variações de acordo com a cultura. “Se não houvesse a mentira não haveria civilização”, garante o psicólogo.

Segundo Paulo Sérgio, as mulheres enviam mais sinais sexuais que os homens: cerca de 50 gestos e atitudes. Portanto, diz ele, no flerte, as possibilidades de sucesso estão sempre mais nas mãos das mulheres do que dos homens. Quanto mais bonita a pessoa, maior a quantidade de mentiras ela recebe. “Apenas 35% da comunicação é realizada de forma verbal. Os outros 65% acontecem por meio de gestos e atitudes”, explica o especialista em linguagem corporal.

Outra curiosidade é que a mentira vem antes da verdade, inclusive no dicionário. “Qual um sinônimo para verdade? As pessoas geralmente demoram a responder por que existem pouquíssimos. Agora, se eu perguntar um sinônimo para mentira existe um monte. Engano, enganação, cambalacho, entre outros”, afirma.

A verdade é que o fingimento tem uma cópia chamada mentira. (Aucenir Gouveia)

Matérias Relacionadas:

O corpo fala e alguns gestos denunciam quando ela ou ele mentem

Com informações MsnTempo de Mulher

Texto original: Pego na mentira de  Madson Moraes

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 219

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo