You Are Here: Home » Reflexão » Páscoa, o que esse dia representa para humanidade

Páscoa, o que esse dia representa para humanidade

O anjo disse às mulheres: “Não tenham medo! Sei que vocês estão procurando Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Mateus 28:5,6.

Estávamos reunidos na sede de acampamento Mount Aetna, nas redondezas de Washington, durante a Semana Santa. Com a equipe do Ministério Jovem da Associação Geral, estavam também os diretores do Ministério Jovem de cada Divisão da igreja no mundo, aproximadamente 25 pessoas ao todo.

Significado da Páscoa

Significado da Páscoa

No domingo pela manhã, o Pastor Richard Barron, então associado do Departamento Jovem da Associação Geral, realizou o devocional. Com seu jeito peculiar de falar, retórica rica e imaginação brilhante, cumprimentou a todos: “Cavalheiros, quero lembrar a vocês que hoje é o domingo da Páscoa, dia da ressurreição.” E acrescentou: “Havia no Céu uma agitação incomum, como se alguma coisa importante estivesse para acontecer. Gabriel se aproximou do Pai e perguntou: ‘Senhor, posso ir? Posso ir, Senhor?’ E quando Deus deu a ordem, Gabriel saiu com a velocidade da luz. Quando estava se aproximando de Júpiter, começou a frear. Ao chegar à Terra, o impacto foi tão grande que a terra tremeu, a pedra que fechava a sepultura de Jesus rolou e o Filho de Deus ressuscitou.” É verdade, ninguém podia deter o Filho de Deus na sepultura. As palavras dos anjos às mulheres foram: “Não tenham medo. […] Vocês estão procurando Jesus, o Nazareno, que foi crucificado. Ele ressuscitou!” (Mc 16:6).

A ressurreição marcou o início de uma nova criação. Tudo na natureza parecia, de maneira eletrizante, estar traduzindo a vida nova que Jesus trazia. A luz do Sol brilhava com mais força e intensidade; os pássaros cantavam mais forte. As flores desabrochavam com mais beleza; cada botão se abria com mais vigor. A fonte jorrava com mais força. Mães sorriam e bebês paravam de chorar. Quando os discípulos receberam a notícia, foram tomados por novo vigor. Respiravam uma atmosfera de vitória e conquista. Era uma realidade boa demais para se acreditar. Aquele domingo se tornou um dia de alegria e celebração. Aquela manhã foi testemunha da maior manifestação de triunfo: a morte não teria mais a palavra final.

Se Jesus ressuscitou, todas as promessas dEle se cumprirão; tudo aquilo que Ele disse que faria, Ele fará. Glória a Deus! Ele vive!

Com informações de Estiloja/Elaine.

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 222

Comentários (2)

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo