You Are Here: Home » Afetividades » Saiba por que os homens falham na hora H

Saiba por que os homens falham na hora H

Dizem que as mulheres são complicadas. Que “não” na realidade significa “sim”, que choram por quase qualquer coisa, e defendem a relação aberta quando na verdade prefeririam estar algemadas a um companheiro.

Mitos ou não, a grande questão é que na cama todos são iguais. Neste misterioso território sexual, as angústias e incertezas são muitas e compartilhadas por ambos os sexos.

É, caro hombre, várias são as ansiedades que um homem deve enfrentar ao dormir com uma mulher: tamanho, performance, estilo, duração… Ai, que dureza! Ansiedades essas que devemos pensar o porquê de existirem.

A realidade é que os medos estão lá e muitos homens se veem invadidos por pensamentos e angústias justamente durante o sexo.

Já havia falado sobre homens que sofrem com a ejaculação precoce, mas não havia me dado conta de outro importante lado da moeda: aqueles que não ejaculam. Sim! Enquanto uns sofrem no controle para não queimar a largada, outros já correram a São Silvestre e nada de chegar ao pódio.

Imagem ilustrativa do google

Deparamo-nos com uma disfunção sexual conhecida por ejaculação retardada, quando um homem demora muito para atingir o orgasmo; ou anejaculação, quando este orgasmo até mesmo não existe. A grande dificuldade deste quadro é que o desejo sexual e a ereção mantêm-se normais, podendo o homem transar por horas, porém sem conseguir atingir o clímax.

O tempo médio para que a ejaculação aconteça durante o sexo é em torno de cinco minutos, mas cabe lembrar que é possível controlar e prolongar conscientemente essa duração. No caso da ejaculação retardada, entretanto, esse atraso não é consciente, pois o homem deseja chegar ao orgasmo e não consegue. O que torna tudo bastante frustrante.

O problema pode não trazer malefícios diretos à saúde, mas prejudica a qualidade de vida masculina e até mesmo do casal.

O leitor pode pensar: “Ah, mas esse aí é sortudo! Como uma mulher pode reclamar de um cara que ‘dura’ horas?”. Ledo engano. Desejar que o parceiro atinja o orgasmo não é exclusividade masculina. Mulheres alimentam sua autoestima também com a ideia de que seduzem e enlouquecem seus parceiros a ponto destes se descontrolarem. Além de muitas queixarem-se de dor devido ao longo tempo de penetração.

Mas se o sujeito está com desejo ardente, vontade a mil. Então o que falha?

Esta disfunção sexual está intimamente relacionada a causas psicológicas. É possível que seja temporária, visto que o orgânico está preservado, mas o tratamento é difícil, pois depende que o homem atente-se ao fato de sofrer de uma disfunção sexual e assim procurar por ajuda psicoterápica.

Homens que sofrem de anejaculação demoram a perceber e sair em busca por solução, pois trata-se de um difícil questionamento: será que há algo de errado em demorar a ejacular ou até mesmo não fazê-lo? Acredito que a procura por auxílio por meio da psicoterapia venha somente quando esta demora em atingir o orgasmo torna-se tão sofrida quanto a rapidez (ejaculação precoce).

Causas psicológicas

Um determinado problema que cause tensão, estresse ou medo no homem é capaz de interferir no organismo e prejudicar o orgasmo. Os motivos mais comuns são:

  • Culpa/ansiedade por motivos religiosos
  • Medo de engravidar
  • Estresse
  • Traumas na infância ou fase adulta
  • Tensão durante o ato sexual por motivos diversos
  • Preferência da masturbação à relação sexual.

É comum que muitos homens que apresentam ejaculação retardada numa relação sexual consigam ejacular normalmente ao se masturbar. Isso porque há nervosismo e ansiedade quando um outro está envolvido no ato. Há a pressão para apresentar um bom desempenho ou pelo fato de ter que chegar ao orgasmo junto com outra pessoa.

Também podem existir situações em que o homem – sobretudo adolescente, que ainda não teve grande experiência sexual – está acostumado a se masturbar fazendo uma pressão excessiva com a mão. Na hora da relação sexual, pode ser que a pressão da penetração vaginal sobre o pênis seja menor do que a realizada manualmente, dificultando o estímulo que leva ao orgasmo e, consequentemente, à ejaculação.

Causas orgânicas

Entre as causas orgânicas mais comuns, está o uso constante de medicamentos antidepressivos. É normal este tipo de medicação causar retardo ou mesmo grande dificuldade ejaculatória. O envelhecimento também é outro fator influente, uma vez que com o avanço da idade há uma diminuição da sensibilidade do pênis, afetando a facilidade de atingir o orgasmo.

Os fatores orgânicos mais comuns são:

  • Abuso de álcool e drogas
  • Uso de antidepressivos e outros medicamentos específicos
  • Diabetes
  • Esclerose múltipla
  • Distúrbios hormonais
  • Lesões neuronais
  • Problemas relacionados ao envelhecimento
  • Sobre o tratamento

Uma vez levantadas as causas da ejaculação retardada, a dupla médico-paciente deverá escolher um tratamento específico, com ou sem medicamentos dependendo dos motivos que levaram à disfunção. É comum que o trabalho de cura envolva diferentes especialidades: urologista, psicólogo ou especialidades médicas de alguma doença específica – como um endocrinologista no caso de diabetes.

O terapeuta sexual também é um ótimo profissional para ajudar a melhorar a relação, principalmente quando a ejaculação retardada atinge um estado que causa frustrações ao casal. Também é preciso trabalhar a autoestima e a autoconfiança, além de identificar possíveis motivos que causem estresse e tensão no homem.

 

Com informações de Patrícia Vaz (MSN) 

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 222

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo