You Are Here: Home » Geral » Só o amor poderá consertar o mundo

Só o amor poderá consertar o mundo

Provavelmente, o amor é um dos temas mais discutidos e disseminados entre os quatro cantos do mundo. Mas, ainda que não seja, é nele que reside a chave para os grandes problemas da humanidade. Afinal, o amor promove paz, suscita força, coragem… Porque se trata de um contentamento descontente, segundo Luis de Camões.

Se poeticamente, sua base se mostra antagônica, o mesmo critério deveria ser usado na vida prática. Talvez aí, as questões que mais nos afligem seriam debeladas.

Mas quem quer viver o contraditório e na contramão do senso comum? Poucos, ou quase ninguém porque difícil vivenciar a ferida que dói e não sente. Bem, essas reflexões e análises ficam para outro momento, uma vez que se trata de pontos extremamente complexos, que não poderiam ser discutidos num espaço tão diminuído.

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Você já pode perceber que esta postagem tem como base o amor. Aborda, contudo, aspectos usados como meios de proteção para muitas pessoas, mas que, na verdade, são fortes inimigos do cultivo deste sentimento. A exemplo do ciúme e da possessividade, que costumem caminhar juntos, em prol do aprisionamento de uma relação.

De um modo geral, as pessoas que nutrem esses sentimentos não têm a noção do poder destrutivo que eles oferecem porque, equivocadamente, projetam a segurança. Segurança, entretanto, se obtém por meio de outros recursos totalmente contrários ã conduta de quem tenta podar liberdade.

Por falar em liberdade, muitas vezes, ela é interceptada por doenças que nos acometem. Imunidade total ninguém consegue, mas como agir quando a nossa saúde entra em declínio? Encontramos informações importantíssimas de especialistas da área que, se forem colocadas em prática, certamente contribuirão para a prevenção e também na participação efetiva ã cura de muitos males. Uma delas, talvez a mais importante, é aprender a celebrar a vida, segundo a interpretação do pastor Robson Brito.

Mesmo em meio a um momento de inquietação e ansiedade em que tudo parece caótico e confuso, é possível lançar mão de recursos funcionais que geram harmonia e tranquilidade. Cultivar o senso coletivo pode nos ajudar no desenvolvimento da serenidade e sabedoria e, consequentemente, encontrar respostas nobres e justas para momentos de turbulência.

Enfim, o resumo da ópera é: amém, celebrem a vida, cultivem o senso de coletividade e bons hábitos… E lembrem-se, enquanto muitos tentam obter algo pela força bruta, guerras, derramamento de sangue, extermínio, escravidão… Jesus está curando enfermos, libertando o oprimido e realizando milagres pelos quatro cantos do mundo.

“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.”.

Matérias Relacionadas:

Conheça a Teoria ‘TRA’ que poderá definir o tempo de duração de um namoro ou casamento

Com informações de Mídia & Saúde

By Alderi Rabêlo

Texto original: O sentimento que liberta

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 219

Comentários (1)

  • bicalho

    A palavra amor vem de um termo grego/hebraico chamado AGAPE, que significa diversas palavras, como: repeito, companherismo, afeto, solidariedade,, como um cumprimento respeito, paciente, tolerante. E não somento no sentido sexuado, mas de uma forma geral. Pensando assim: Amai o teu róximo como a ti mesmo. é muito mais profundo que o que naturalmente pensamos. O verdadeiro amor respeita, tolera, compreende, ajuda, isso incondicionalmente.
    No livro “O monge e o executivo”, vemos muito o uso da palavra amor, assim como no livro “!O maior vendedor do mundo”, onde o segredo básico dele era o amor. usar o amor como sua arma e seu escudo.

    Vamos nos amar, e com certeza teremos um mundo melhor.

    Responder

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo