You Are Here: Home » Cidadania & Saúde » Trabalhar muito afeta sua vida afetiva, aponta estudo do IPEA

Trabalhar muito afeta sua vida afetiva, aponta estudo do IPEA

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Se a jornada de trabalho fosse reduzida, cerca de 40% ainda dedicariam o tempo extra para atividades relacionadas a trabalho. Essa é uma das constatações de um estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA).

Para 39,5% dos entrevistados, o tempo dedicado ao trabalho prejudica a qualidade de vida. Foram ouvidas 3.796 pessoas. Para o grupo, o trabalho provoca cansaço e estresse (13,8%), compromete relações amorosas e a atenção à família (9,8%), abala estudo, lazer e esporte (7,2%) e afeta amizades (5,8%).

Tudo que é exagerado tem um preço… O melhor, pra quem quer manter o foco na felicidade afetiva é estar sempre vigilante. Isto serve de alerta aos casados… pois trabalho excessivo pode sim comprometer a vida conjugal, é melhor previnir que remediar, caso contrário depois pode ser tarde demais!

Com informações do Estadão

By Claudio Marques

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 219

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo