You Are Here: Home » Geral » Três coisas que dão força, poder e glória

Três coisas que dão força, poder e glória

Você tem orado? Tem jejuado? Tem meditado na Palavra de Deus? Pois esses são os pães do espírito, as três coisas que dão força, poder e glória. Da mesma forma que o arroz, o feijão e a água são os alimentos do nosso corpo. Se ficarmos sem comer e beber, logo nosso corpo adoece, fica sem forças e morre.

Da mesma maneira, se não alimentarmos nossas almas, o espírito perde forças e poder, ficamos vulneráveis e manipulados por forças do mal.

A Palavra do Senhor no livro do profeta (Marcos 9:28-29), diz: “Depois de Jesus ter entrado em casa, seus discípulos lhe perguntaram em particular: Por que não conseguimos expulsá-lo?”. Jesus respondeu aos discípulos: “Essa espécie só sai pela oração e pelo jejum”.

Pois bem, Jesus revela em sua resposta que se não houver oração não haverá poder; Se houver pouca oração, haverá também pouco poder e se houver muita oração, existirá grande poder. Isto é verdade tanto para os cristãos individualmente quanto para as igrejas que pregam o evangelho.

Peguemos, pois, a história relatada em Marcos 9. Os discípulos foram incapazes de expulsar um espírito imundo de um jovem oprimido. Ai Jesus entrou em cena e expulsou o espírito imundo. Os discípulos perguntaram a Jesus: “Por que não pudemos nós expulsá-lo?” Jesus respondeu-lhes: “Esta casta não pode sair senão por meio de oração e jejum”.

Jesus disse que existem forças espirituais difíceis de serem vencidas. Os discípulos perguntaram a Jesus por que eram incapazes de vencer o demônio. Jesus respondeu: “Oração insuficiente!”

O que significa a resposta de Jesus? Provavelmente, Jesus não estava dizendo que os discípulos não haviam orado em favor do jovem endemoniado; Parece que essa foi a maneira inicial de como eles lidaram com o problema.

Talvez Jesus quisesse dizer que os discípulos não viviam em oração. Haviam sido apanhados em período sem oração ou uma atitude mental sem oração.

Observe que Jesus expulsou o demônio sem oração: “Espírito mudo e surdo, eu ordeno que o deixe e nunca mais entre nele” (Marcos 9:25). Mas Jesus havia orado. Ele vivia em oração. Gastava noites em oração. Estava pronto quando o mal se manifestou. Porém, os discípulos, aparentemente, haviam se tornado fracos e negligentes em sua atitude de orar, por isso, ficaram incapazes diante de poderosas forças malignas. “Esta casta não pode sair senão por meio de oração.”

Em outras palavras, sem oração persistente não temos qualquer chance na batalha contra o mal. Nem individualmente nem como igrejas, ai somos destinados a invadir e despojar as fortalezas de Satanás.

Jesus nos faz entender de que o pão da fé vem pelo ouvir da Palavra, que a oração e o jejum é o alimento do nosso espírito e que sua prática nos dá poder, o poder de curar e libertar, o poder de caminhar na certeza de que entraremos santificados no Reino de Deus.

Quem tem ouvidos que ouçam!

Leia também:

O invisível que habita em mim

As dúvidas podem causar um mal estar espiritual de efeito dominó

Os três tipos de amor revelados por Deus

By Aucenir Gouveia

Print Friendly

Autor

Poeta, Filósofo, Político. Pós graduado em Administração Pública e Gestão Pública. Ex-Funcionário do BB, Ex-Vereador e atualmente Servidor Público. Gerente da Agência do Trabalhador [SINE] da SEJU/MTE do Governo do Estado do Paraná, na Cidade de Mandaguaçu.

Number of Entries : 219

Comente

© 2013-2017 Site hospedado por:

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.
Ir ao Topo